usuários online  

Golias

 

- Comprou sua primeira casa com o dinheiro dos picadeiros.


- Sempre que viajava com Carlos Alberto, usava a pasta de dentes do próprio amigo.


- Ingressou no rádio em 1954 e na televisão em 1956.


- Adorava ouvir músicas italianas.


- Não era humorista, era comediante. Ele não escrevia, só interpretava.


- Não gostava de ver cinzeiro sujo.


- Era Corinthiano.


- Seu humorista preferido era o italiano Totó.


- Não gostava da palavra “sucesso”.


- Tinha um enorme respeito pela natureza e pelos animais.


- Não usava móveis. Apenas 2 toras pesadas, as quais encontrou. Não derrubou as árvores.


- Só usava sapato preto com cadarço, preto e bico fino e um número menor que seus pés.


- Era espiritualista, mas nunca caiu na besteira de criticar as religiões e as pessoas.


- Adorava ler livros de Chico Xavier. Sempre tinha livro na cabeceira de sua cama.


- Nunca criticou ou falou mal de ninguém.


- Era muito barbeiro. Então parou de dirigir e resolveu usar somente táxi.


- Não lia jornais, somente as manchetes.


- Não assistia televisão, só ouvia rádio de pilhas.


- Não tinha vaidades, pelo contrário, sempre foi generoso e humilde com todos.


- Achava que falava Inglês, mas não sabia nada.


- Sua única viagem ao exterior foi aos Estados Unidos em 1960.


- Adorava pólos vermelhas da marca “Lacoste”.


- Dificilmente almoçava em casa. O restaurante que ele mais freqüentava era o Fasano.


- Odiava fazer o personagem Bartolomeu Guimarães.


- Em meados dos anos 50, apelidou Silvio Santos de “O peru que fala”.


- Jamais atuava à direita dos colegas, somente à esquerda. Caso houvesse muitas pessoas, ficava no meio delas, mas jamais à direita.


- Uma vez chegou a dar 30 reais de caixinha a um taxista e numa outra ocasião deu 100 reais.


- Sempre dizia aos seus colegas atores: “Relaxem... Não estamos aqui para trabalhar, apenas para brincar”.


- Dizia a sua esposa Lúcia: “Hoje eu não fui muito alegre, Lúcia... Amanhã preciso melhorar meu humor”.


- Golias estava nos anos 60 interpretando Bartolomeu Guimarães. Sem querer, deu uma “guardachuvada” em Elis Regina e ela soltou, ao vivo, um grande palavrão.


- Nunca se acostumou com as agitações da cidade grande (São Paulo).


- Gostava de Chaves, Cantinflas e Charlie Chaplin.